Reciclagem para Condutor Infrator

DESCRIÇÃO:

O processo de reciclagem é necessário caso o condutor se enquadre nas situações descritas no Art. 268 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). No total deverão ser cumpridas 30 horas/aula.

EXAME DE RECICLAGEM:                

No dia da prova é imprescindível a apresentação de documento de identificação original, atualizado e em perfeito estado de conservação. Para ser aprovado no exame, o condutor deverá obter no mínimo 21 pontos.

  • Cancelar agendamento: Caso o candidato deseje mudar a data da prova, deverá comparecer ao Detran/Ciretran e solicitar o cancelamento em até 48h úteis antes da data da prova.
  • Reagendamento: O candidato poderá agendar uma nova data para fazer a prova, 24h após o cancelamento. O reagendamento pode ser feito pelo site.

 

ORIENTAÇÕES PÓS-EXAME

O resultado da prova de reciclagem é divulgado no local em que foi realizada, poucos minutos após o término do exame, mas também pode ser consultado online. Para consultar o resultado, acesse -> Resultado do Exame de Reciclagem

  • Condutor aprovado: O condutor aprovado no exame de reciclagem deverá comparecer à unidade de atendimento do Detran-MG a partir de 48h úteis após a data do exame para retirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Mesmo que a CNH esteja vencida, é necessário comparecer ao Detran-MG para desbloqueá-la antes de solicitar a Renovação.
  • Condutor reprovado: Se reprovado, o condutor poderá realizar novo exame após cinco dias. A remarcação poderá ser feita a partir de dois dias úteis da reprovação, mediante o pagamento de novo Documento de Arrecadação Estadual (DAE). Caso o condutor seja reprovado na segunda tentativa, deverá fazer novamente o curso de reciclagem.
  • Condutor ausente: O condutor que não comparecer para fazer a prova de reciclagem, poderá marcar um novo exame, após o pagamento de nova DAE.

Reciclagem

O Curso de Reciclagem para Condutores Infratores é destinado exclusivamente aos condutores de veículos que estão cumprindo a penalidade de suspensão do direito do dirigir, independentemente do motivo pelo qual obteve a suspensão da Carteira Nacional de Habilitação – CNH.

Como fazer?
O motorista infrator deverá realizar a entrega de sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no Setor de Habilitação do DETRAN/CIRETRAN, mais próximoQuando da entrega de sua CNH você receberá um Termo de Liberação para Realização do Curso de Reciclagem de Condutor Infrator.

OBSERVAÇÃO : A CNH somente será liberada após o cumprimento de todo o período de suspensão e carga horária (30 horas/aula).

Pré-requisitos
Ter realizado a entrega de sua Carteira Nacional de Habilitação no Setor de Habilitação do DETRAN/CIRETRAN, mais próximo.

  • Módulos e Carga Horária

CURSO TEÓRICO

Carga Horária Total: 30 (trinta) horas aula

Estrutura curricular

1 Legislação de Trânsito: 12 (doze) horas aula

Determinações do CTB quanto a:
– Formação do condutor;
– Exigências para categorias de habilitação em relação a veículo conduzido;
– Documentos do condutor e do veículo: apresentação e validade;
– Sinalização viária;
– Penalidades e crimes de trânsito;
– Direitos e deveres do cidadão;
– Normas de circulação e conduta.
Infrações e penalidades referentes a:
– Documentação do condutor e do veículo;
– Estacionamento, parada e circulação;
– Segurança e atitudes do condutor, passageiro, pedestre e demais atores do processo de circulação;

2 Direção defensiva: 8 (oito) horas aula

– Conceito de direção defensiva – veículos de 2, 4 ou mais rodas;
– Condições adversas;
– Como evitar acidentes;
– Cuidados com os demais usuários da via;
– Estado físico e mental do condutor;
– Situações de risco.

3 Noções de Primeiros Socorros: 4 (quatro) horas aula

– Sinalização do local do acidente;
– Acionamento de recursos em caso de acidentes;
– Verificação das condições gerais da vítima;
– Cuidados com a vítima (o que não fazer).

4 Relacionamento Interpessoal: 6 (seis) horas aula

– Comportamento solidário no trânsito;

– O indivíduo, o grupo e a sociedade;

– Meio ambiente.
– Responsabilidade do condutor em relação aos demais atores do processo de circulação;
– Respeito às normas estabelecidas para segurança no trânsito;
– Papel dos agentes de fiscalização de trânsito.